sábado, 14 de fevereiro de 2015

Fic: De repente Amor Cap.2


   Depois que terminamos nossas compras já era em torno de umas 17 horas. Elas decidiram então fazer um lanche, pois estavam morrendo fome, foram até a lanchonete mais próxima e entraram.
   Garçom: Boa tarde meninas , vão querer pedir?
   Georgia: Oi sim eu vou querer uma porção de fritas, x-burguer sem maionese e um suco de laranja - disse sorrindo.
   Joyce: E eu vou querer o mesmo só que com maionese e um refrigerante
  Garçom: Então são dois x burguer, duas porções de fritas, um suco de laranja e um refrigerante - terminou de anotar e foi.
   Ficamos esperando mais um tempo, eu estava dando uma olhada no meu insta quando eu passei por uma foto do Ian, ele estava no London Eye, isso foi postado a 1 minuto atrás .
  Georgia: Jo, o Ian está aqui em Londres,  no London Eye - falei com uma empolgação- Se conseguirmos pegar um táxi agora chegamos lá em 5 minutos -
Joyce: Ok você chama o táxi e eu vou pegar nossos pedidos - disse indo em direção ao balcão.
   Eu sai do local e tentei chamar um táxi, mas estava complicado, logo depois que Jo saiu da lanchonete o táxi apareceu.
   Georgia: London Eye moço, rápido de preferência - o cara foi rápido mesmo, saímos do veículo, eu paguei ele e fomos em direção a roda gigante.
  Estava lotada acho que algumas fãs sabiam que Ian está aqui, fiquei à procura daquele homem, isso apenas não seria um encontro de ídolo e fã, mas talvez se eu conseguir uma entrevista com ele, me ajudaria muito.
 Como uma futura jornalista, fui atrás da minha matéria : "Aluna da universidade Kings’ College consegue sua primeira entrevista com o astro da TV Ian Somerhalder"
Isso seria fantástico, complicado mas não impossível, tentei passar pela galera mas ele são muitos, minha missão falhou. Bom, mas eu não desisti, sou filha da melhor jornalista que conheço e minha mãe pode arranjar pra mim uma entrevista com esse gato!

-Ge, não vamos conseguir chegar ate o Ian, vamos ir pra casa – Joy estava certa-
-Ok vamos – peguei em sua mão e fomos ate a calçada à procura de outro táxi para irmos pra casa-
-TÁXI!! – gritei e na mesma hora apareceu um táxi.
Entramos nele e o taxista se virou e nos encarou, já vi ele na minha vida. A MEU DEUS É O IAN SOMERHALDER!!
-IAN MEU DEUS É VOCÊ – disse histérica- Não acredito!
-Calma, como ficaram sabendo que eu estava aqui tive que dar uma escapadinha então chamei um táxi e o motorista desmaiou, levei ele pro hospital e dai tive que ficar com o táxi – ele falou isso numa tranquilidade –
-Ian quanto tempo você vai ficar aqui em Londres? – perguntei-
-Mais duas semanas, tenho umas entrevistas e aparecer em algumas festas beneficentes, porquê?
-Sabe, eu sou estudante de jornalismo na universidade Kings e sou uma grande fã sua, será que você tem em sua agenda super lotada um lugarzinho para eu fazer uma entrevista com você? – ele deu aquele sorissinho que dá na série e que eu piro muito-

-Acho que tenho sim – e foi assim que minha aventura começou, com esse simples SIM...